Serviço de Apoio (Seg-Sex) 09:00 -21:00
213 191 520

Serviço de Apoio (Sab)
213 191 520

Emergências no destino - 24h
308 811 306
TUI DE

Geishas: Para além do Mito

Geishas em Quioto
Portrait de uma geisha
Geishas
Geishas em Fushimi Inari
Geishas

Embora a cidade de Quioto seja a mais relacionada com o mundo das geishas, hoje em dia é em Tóquio que se encontra a maioria delas.
A origem das 'geishas' data dos começos do período Edo (1603-1868). Nesta época, dois bairros de geishas eram rivais em Tóquio: Yanagibashi e Yoshiwara. O primeiro era um lugar próspero e era considerado mais liberal, enquanto que o segundo parecia ser mais conservador. Atualmente nenhum dos dois existe. De Yanagibashi permanece como recordação o desenho de uma forquilha que decora a ponte com o mesmo nome do bairro.

O período Edo coincidiu com momentos em que ocorreram circunstâncias favoráveis à prosperidade do país. Do ponto de vista histórico, foi um período de paz propício ao fomento da cultura. Nesta época começaram a surgir, ao lado dos templos, as denominadas casas de chá, para abastecer os fiéis que os visitavam. Esta seria a origem dos bairros onde trabalham e vivem as geishas, os chamados 'hanamachi'.

As famílias pobres vendiam as filhas que se dedicariam a esta profissão e com isso conseguiam melhorar a economia familiar. Para se tonar numa geishas, as jovens entravam na 'okiya', residência onde tinham um longo período de aprendizagem ao lado da proprietária do lugar. Esta aprendizagem compreendia uma formação completa no domínio do canto e das danças tradicionais e ainda na gíria própria do 'hanamachi'. Viver no 'hanamachi' requeria uma dedicação completa. Não era compatível com outra atividade.

Durante a Primeira Guerra Mundial houve uma grande procura de atividades de entretenimento e diversão, pelo que aumentou o número de geishas e de 'hanamachis'. Os negócios à volta das atividades bélicas favoreceram o aparecimentos de comerciantes com grande poder de compra. Eles, juntamente com os oficiais do exército, eram os principais clientes do lazer e do entretenimento. O auge económico terminou com o terramoto que Tóquio sofreu em 1923. Mais tarde, na Segunda Guerra Mundial, o poder económico diminui muito à medida que os aliados iam ganhando o conflito e muitas geishas e ‘maikos’ passaram a trabalhar nas fábricas de produção de armas. Depois da guerra, regressou a atividade dos 'hanamachi', graças a novos clientes: as forças de ocupação.

Atualmente, os 'hanamachi' são uma espécie de associação que se preocupa com a difusão da cultura japonesa e com a conservação de tradições como a cerimónia do chá ou os espetáculos de música e dança. As geishas de Tóquio trabalham atualmente nos 'ryôtei', restaurantes de alta cozinha situados em edifícios de estilo tradicional japonês. A decoração é extremamente cuidada para criar um ambiente de tranquilidade que leve os clientes a descontrair e a usufruir de um bom serão. Em Tóquio há seis bairros de geishas: Mukojima, Asakusa, Kagurazaka, Yoshiko, Akasaka e Shimbashi.

Os bailes de primavera

Todos os anos, no mês de maio, realiza-se no teatro Shimbashi Embujo de Ginza os bailes de primavera (Azuma Odori). É uma tradição que se repete desde 1923 e constitui a única oportunidade para ver dançar em público as geishas de Tóquio. Os preços são acessíveis e um autêntico chamariz para os turistas e para outras geishas, que chegam de diferentes bairros para apreciar o espetáculo.

O preço de ser um geisha

Os kimonos que as geishas costumam vestir têm um preço muito elevado. Os mais económicos custam cerca de 200 000 ienes. Costumam ter cinco metros de tecido e são feitos em seda natural e pintados à mão. As geishas devem ter um kimono para cada estação do ano. O calçado, denominado ‘oboko’, também tem um custo aproximado de 200 000 ienes. Outros complementos como alfinetes de ouro ou prata e pedras preciosas e travessas de cabelo em casco de tartaruga encarecem o vestuário.

Top 5 Hotéis

Japão, Tóquio, Tóquio

Hotel Gracery Asakusa

24 Agosto 2019, 2 noites, 2 Pessoas, Só Alojamento
Japão, Tóquio, Tóquio

Imperial Hotel Tokyo

24 Agosto 2019, 2 noites, 2 Pessoas, Só Alojamento
Japão, Tóquio, Tóquio

The Capitol Hotel Tokyu

24 Agosto 2019, 2 noites, 2 Pessoas, Só Alojamento
Japão, Tóquio, Tóquio

Hotel Wing International Select Asakusa Komagata

24 Agosto 2019, 2 noites, 2 Pessoas, Só Alojamento
Japão, Tóquio, Tóquio

The Peninsula Tokyo

24 Agosto 2019, 2 noites, 2 Pessoas, Só Alojamento